Peugeot L500 R Hybrid: Conceito futurista que honra as glórias do passado
É de Homem!
Peugeot L500 R Hybrid: Conceito futurista que honra as glórias do passado

Novidades fresquinhas da Peugeot! A marca decidiu homenagear o velhinho Peugeot L45, que a 30 de maio de 1916, com Dario Resta ao volante, venceu as 500 milhas de Indianapolis, prova de resistência que este ano celebra a sua 100ªedição. Para isso lançou o modelo L500 R Hybrid, um tributo que ao mesmo tempo que honra o formato do passado, também impressiona com o seu design futurista.



E é precisamente a partir da sua estrutura por onde podemos começar. À vista salta desde logo o seu modelo aerodinâmico, com apenas… um metro de altura. Dá para estar mais perto do asfalto que isto? Não nos parece. A cor é outro aspecto de homenagem ao L45 que a marca gaulesa decidiu incorporar, com o azul e preto que os 'Charlatans' – nome da equipa que venceu as Indy 500, entre 1913 e 1919 – exibiram na altura, na segunda mais antiga pista de corridas do mundo.



Ainda que meramente em fase de protótipo, já se conhecem as especificidades do L500 R Hybrid e do seu sempre presente símbolo do leão cromado. Com ‘apenas’ 1000kg, é composto por um bloco a gasolina de 270CV, dois motores elétricos (à frente e atrás) e 500 cv, sendo que é essa leveza permite atingir os 100km/h em 2,5 segundos – cumpre o sprint dos primeiros 1000 metros em meros 19 segundos.



Mas não é tudo. A maior alteração reside no seu interior e aí difere claramente do seu antecessor. A arquitetura de dois lugares do L45 foi reformulada e, um século depois, foi pensada com um monolugar – vale a pena frisar que na altura o modelo de competição previa a existência de um co-piloto, algo que no século XXI já é impensável na mítica corrida de Indianapolis. O piloto terá agora à disposição o novo Peugeot I-Cockpit, que oferece as informações necessárias ao condutor em dois ecrãs holográficos no painel de instrumentos.



'Com o L500 R Hybrid estamos a prestar homenagem aos feitos competitivos da Peugeot do início do Século XX. Inspirados por este espírito de performance e de inovações quisemos produzir uma visão futurista, escultural e tecnologicamente avançada da Peugeot', sublinhou Matthias Hossan, responsável pelo desenvolvimento desta novidade da marca francesa.

Voltar
É DE HOMEM!