É de homem, estar sempre actualizado!

Está a cometer estes 5 erros dentro e fora do ginásio? Saiba como os remediar

Saiba como remediar estes cinco erros cometidos dentro e fora do ginásio
É de Homem!
Saiba como remediar estes cinco erros cometidos dentro e fora do ginásio

Se para aqueles que seguem um plano de musculação à risca já não é pera doce conseguir ganhar músculo, então essa tarefa ainda se torna muito mais exigente e complicada para quem não cumpre certas regras – umas mais fáceis do que outras, vale a pena referir. Se sente que não consegue obter os resultados que desejaria, dê uma olhada nesta lista de cinco erros cometidos durante o treino, elaborada pelo site Livestrong.com, especializado em fitness e saúde.




1 – Não ingere comida suficiente



O corpo precisa de energia para poder trabalhar. E é através da comida que a pode obter. Tenha em atenção a estas duas bandeiras: uma delas passa por comer mais do que atualmente come. Pode parecer simples, ainda assim, o maior desafio está em comer na quantidade certa, mas bem. Ou seja, através de comida saudável, principalmente aquela cujos ingredientes se baseiam nas proteínas magras e nas fibras.




2 – Definir um programa de treino, sim. Mas também é preciso segui-lo à risca



A frustração por não conseguir ver um aumento de massa muscular nas primeiras semanas é natural. Importante é… não ficar impaciente. Continue focado no plano e não se desvie do que idealizou por, pelo menos, dois meses. Certifique-se de que a cada semana impõe a si mesmo o objetivo de fazer melhor do que fez na anterior. Verá que com o passar do tempo conseguirá fazer mais repetições nos vários exercícios e até com menos tempo de intervalo entre cada um.




3 – Coleciona demasiada informação



Procurar recolher informações sobre como pode melhorar o seu treino é útil, sim, mas não em demasia. O excesso de pesquisa apenas o irá confundir e levá-lo a cometer erros. Concentre-se naquilo que realmente acha que é essencial para o seu treino.




4 – Desleixo com os números



Existe sempre um pré e um pós-treino. Por muito que seja recompensador ver o seu corpo a conseguir levantar cargas mais pesadas, é também fulcral que vá tomando nota do seu progresso. Por outras palavras, vá apontando o número de sets e repetições em cada exercício, as suas mudanças de peso e, como sublinhado no primeiro ponto, o seu plano de nutrição.




5 – Não tem apoio suficiente



O fator psicológico também entra nas contas. Quão maior for a motivação, será proporcionalmente refletido no bem-estar. Procure ter a ajuda, por exemplo, de um treinador que o possa aconselhar no final de cada treino – existe sempre algo a melhorar!

Mesmo que venha a cometer alguns destes erros tenha sempre em mente que os pode remediar. E, acima de tudo, deixamos outro conselho: devagar se vai ao longe. Não é preciso seguir todas estas dicas de imediato, tente remediar um passo a seguir ao outro e quando sentir que tem na sua rotina de treino um plano vencedor, verá que os resultados vão aparecer.

Voltar
É DE HOMEM!