Têm em mente participar numa ultramaratona? Só tem o “custo” de cinco dias

Têm em mente participar numa ultramaratona? Só tem o “custo” de cinco dias
É de Homem!
Têm em mente participar numa ultramaratona? Só tem o “custo” de cinco dias

A popularidade do running em Portugal tem crescido ao longo dos últimos anos. Prova disso têm sido o número de participantes, cada vez mais elevados, nas principais maratonas nacionais. E se estas só por si já se afiguram como um verdadeiro desafio para qualquer corredor… o que dizer das ultramaratonas? Esta vertente, inserida no conceito de “longas distâncias”, está destinada aos verdadeiros amantes da corrida mas exige, naturalmente, um grande esforço físico, com a recuperação após as provas a demorar, no mínimo, cinco dias.



É este o resultado de um estudo recentemente apresentado na Associação de Fisiatras Académicos, num evento que se realiza anualmente em Sacramento (Estados Unidos da América). É preciso ter em conta que a ultramaratona diz respeito às provas que excedem os 42 quilómetros, tradicionalmente associados às maratonas e, desta forma, a preparação prévia do atleta demora vários meses ou até anos.



No estudo foram analisados 72 atletas que participaram na “Western States Endurance Run 2015”, uma ultramaratona que compreende uns imponentes 160km distribuídos entre as montanhas da Serra Nevada (Califórnia), e cuja recuperação após a prova demorou, em média, os tais cinco dias.



Se, por um lado, é preciso ter em conta que esta previsão possa variar conforme o número de quilómetros definido para cada ultramaratona, por outro, há uma conclusão a retirar: se planeia fazer uma ultramaratona… reserve alguns dias de folga no seu calendário.

Voltar
É DE HOMEM!