Como é feito o teste de elasticidade do cabelo | L’Oréal Paris

O teste de elasticidade do cabelo, o teste que precisa para um cabelo 5 estrelas

Estamos sempre à procura de novas informações sobre como cuidar do nosso cabelo para obter os melhores resultados capilares. Não importa se o seu cabelo é encaracolado, ondulado ou liso. Informação é poder.

Assim como é fundamental conhecer o nível de porosidade do cabelo ou a densidade capilar, o grau de elasticidade também é importante para o poder tratar de forma adequada. E o melhor é que descobri-lo é muito simples com o teste de elasticidade do cabelo. Descubra como o fazer e comece a cuidar do seu cabelo como uma profissional com produtos de cuidados capilares como os da gama Bond Repair.

O que é a elasticidade capilar?

Comecemos por entender o que é a elasticidade do cabelo: trata-se da capacidade que permite que este se possa esticar e contrair. É assim tão simples. Considera-se que um cabelo com uma boa elasticidade é capaz de esticar-se para voltar ao seu comprimento original. O facto de o seu cabelo ser mais ou menos elástico agora não significa que se mantenha assim para sempre, pois pode mudar com o tempo. O teste de elasticidade do cabelo é perfeito para avaliar a evolução do seu cabelo e as suas necessidades específicas em cada momento. 

Como é feito o teste de elasticidade do cabelo

Há várias formas de o fazer, pode tentar com um cabelo, mas recomendamos que faça com uma madeixa para não ter de arrancar nenhum fio de cabelo. Com o cabelo limpo e húmido, escolha uma pequena madeixa com cerca de 3 mm de espessura (4 a 10 fios de cabelo) e, com os dedos, estique-a suavemente até ficar completamente estendida, não é necessário fazer força. Não queremos arrancar nenhum fio de cabelo! O importante é ver como o cabelo se comporta quando o estica. 

Se se esticar entre 20% e 30% do seu comprimento (aproximadamente) e voltar à sua forma original sem qualquer problema, significa que o cabelo está equilibrado

Em contrapartida, se a madeixa se esticar, mas não se contrair até à sua forma inicial, significa que há falta de proteínas. Por último, se notar que o cabelo não se estica, a sua elasticidade capilar é baixa: o seu cabelo está desidratado e a precisar de toneladas de hidratação. Pode conferi-la ao seu cabelo através de shampoos, máscaras e tratamentos que incluam ácido cítrico ou ácido hialurónico para o cabelo na sua fórmula.

Em caso de dúvidas, o teste de elasticidade de cabelo encaracolado é feito tal como no cabelo liso, a única coisa que deve ter em conta é que deve fazê-lo com o cabelo limpo, húmido e desembaraçado. 

O tipo de cabelo influencia a elasticidade?

A resposta é não. A elasticidade do cabelo é determinada pela maior ou menor união entre as moléculas de queratina, podendo ser afetada por fatores como a temperatura, a humidade, a radiação ultravioleta e algumas substâncias químicas, independentemente de o cabelo ser liso, encaracolado ou ondulado. As mulheres com cabelo encaracolado estão mais atentas à elasticidade do cabelo, porque é responsável pelo seu look curly fofo e volumoso. Por isso, muitas já conhecem as vantagens do teste de elasticidade para o método curly.
Como é feito o teste de elasticidade do cabelo | L’Oréal Paris

De acordo com a elasticidade do cabelo, devem ser comprados produtos de cuidados específicos?

Sim! De facto, o teste de elasticidade do cabelo serve para que possa melhorar a qualidade do seu cabelo com os produtos capilares que melhor se adaptam às suas necessidades. 

Se a elasticidade do cabelo for reduzida, ou seja, estica-se pouco, significa que contém demasiadas proteínas. Certamente terá um cabelo desidratado e seco; para cuidar e hidratar o cabelo danificado, nada melhor do que utilizar produtos com ingredientes ativos hidratantes e máscaras intensivas. Recomendamos-lhe duas opções: a primeira é a gama de produtos Bond Repair da L’Oréal Paris, um tratamento plex completo que repõe a densidade capilar graças à sua composição que repara as pontes dissulfeto quebradas devido à sua fórmula com ácido cítrico, da família dos alfa-hidroxiácidos (A.H.A.), uma das poucas moléculas suficientemente pequena que penetra no córtex capilar e repara onde outros não chegam, no interior da fibra capilar a partir de dentro. O ritual (perfeito tanto para cabelo liso como para estilos curly) inclui quatro passos, Bond Repair Rescue Pré-shampoo para fortalecer a fibra capilar a partir do interior, Bond Repair Shampoo para uma lavagem suave e sem sulfatos com 5% de complexo Bond Repair com ácido cítrico, o condicionador Bond Repair Condicionador e o sérum Bond Repair Sérum sem enxaguar, com 20% de complexo Bond Repair com ácido cítrico, lípidos nutritivos e emolientes que poderá usar tanto no cabelo seco como molhado. 

A segunda opção é a gama Elvive Hidra Hialurónico, com o shampoo Hidra Hialurónico, que confere 72 horas de hidratação, mais a Máscara de hidratação intensiva com ácido hialurónico para um cabelo com mais corpo e profundamente hidratado. 

Se ao fazer o teste, notar que o seu cabelo se estica e não só não volta à sua forma original, como até se parte, significa que contém muito poucas proteínas e demasiada humidade, dando-lhe um aspeto pouco fofo. A solução? Incorporar tratamentos com proteínas até recuperar o seu equilíbrio.

Com o teste de elasticidade do cabelo descobriu que o seu cabelo é normal? Ou seja, estica-se um pouco e volta à sua forma original sem qualquer problema? Então, siga a sua rotina de cuidados capilares, embora lhe aconselhemos a incluir um sérum nutritivo para as pontas, de modo a manter a sua hidratação ideal. O nosso favorito também é da gama Hidra Hialurónico, com o Sérum de preenchimento com 2% de complexo hialurónico notará como enche a fibra capilar de hidratação instantaneamente. 

Agora já sabe por que é importante o teste de elasticidade do cabelo, é a maneira mais simples de dar ao seu cabelo o tratamento que precisa em cada momento. Está disposta a fazê-lo e melhorar o aspeto do seu cabelo?