O que acontece à nossa pele quando entramos na Menopausa?

Nesta nova fase da vida, o nosso corpo sofre algumas modificações, e a nossa pele não é exceção. Ao entrar na menopausa, sentimos na pele algumas alterações, nomeadamente perda de colagénio, o que faz com que fique mais flácida. Saiba o que acontece ao colagénio e como compensar esta perda na sua rotina de cuidados de rosto.

O que é o colagénio?

Para atacarmos o cerne da questão, devemos entender o que é o colagénio. Nem todas sabemos, mas o colagénio são fibras naturalmente presentes na pele. Sendo o maior componente estrutural da nossa pele, age como um colchão que a mantém firme. Dada a sua função de manter a pele lisa, firme e sem rugas, é um ativo importante no combate do envelhecimento.

O que acontece ao colagénio quando entramos na Menopausa?

Faça o que fizer, nunca ignore a fase de limpeza. Não só ajuda a eliminar toda a maquilhagem, também retira as impurezas, que se acumulam ao longo do dia (tabaco, poluição, suor) e noite. Utilize produtos de limpeza com uma textura mais macia: a pele sensível é mais adequada a um produto de limpeza de óleo, água micelar ou leite de limpeza. E tenha o cuidado de esfregar com suavidade para não irritar a pele.

Como compensar os efeitos desta perda?

Se sente a pele mais flácida e seca, não se preocupe, há uma rotina de cuidados de rosto à sua espera. Descubra as novas Ampolas Refirmantes Age Perfectcom Fração de AA de Colagénio de L’Oréal Paris, ajudam a devolver firmeza ao seu rosto, pescoço e decote. Tratamento intensivo de 7 dias, especificamente desenvolvido para mulheres com pele madura, em formato monodose, deve se aplicar no rosto, pescoço e decote. Use as Ampolas de manhã ou noite, depois de limpar a pele e antes de aplicar o seu creme diário, como Age Perfect Cuidado de Dia ou de Noite, para potenciar o seu efeito. Quem disse que a vida pára na Menopausa? A Idade Perfeita começa agora!

Ampolas Refirmantes Age Perfect

“Recomendo incorporar em qualquer rotina facial a nossa Fração de AA de Colagénio quando começam a surgir mudanças hormonais, em vez de esperar que os sinais de envelhecimento se tornem mais evidentes.”

Elisabeth Bouhadana, Diretora Global Científica de L’Oréal Paris